êxitos da escola
 

Resultados invejáveis
O método diferenciado e o número reduzido de alunos por sala deram ao BoaProva, durante todo o seu período de atividade como escola preparatória para exames em exatas, resultados expressivos até para os grandes cursinhos. Veja resultados e campanhas antigas:

2003
1º lugar geral no 26º Exame Nacional de Habilitação de Corretores de Seguros - julho (Daniel Perdigão)

2004
6º lugar geral da 1ª fase Fuvest 2005, entre 154.514 candidatos - 94 pontos - novembro (Daniel Perdigão)
2º lugar Ciências Sociais noturno, Unesp de Araraquara - 500 candidatos - dezembro (Raphael Tadeu Sabaini)

2005
1º lugar no concurso para Técnico Acadêmico - ICMC-USP - 433 candidatos por vaga - agosto (Daniel Perdigão)
Maior nota geral da 1ª fase Fuvest 2006, entre 170.474 candidatos - 91 pontos - novembro (Daniel Perdigão)

2006
Uma das dez maiores notas da 1ª fase Fuvest 2007 em São Carlos, sem bônus, entre 3845 candidatos - 76 pontos - novembro (Mateus Pereira Delalíbera)

2007
Único curso especializado em exatas a aprovar dois alunos na Poli-USP, em toda a história - fevereiro (Mateus e Rafael Pereira Delalíbera)
1º lugar Alimentos matutino, Fatec de Marília - 107 candidatos - julho (Danilo Vidotti)

2008
4º lugar na prova preambular para Perito Criminal da Polícia Civil de SP - 12.801 candidatos - junho (Daniel Perdigão)


 

 

2009
5º lugar no concurso para Analistas Acadêmicos de nível Superior da USP - 2101 candidatos - setembro (Daniel Perdigão)


 

Depoimentos
"O melhor de ter me preparado no BoaProva* foi poder contar com a orientação exclusiva do professor até a véspera das provas que acontecem depois do Natal. Eu tomava nota das questões que o BoaProva* previa que iriam cair e, incrivelmente, todos os assuntos estavam lá, no dia da prova, do jeito que o professor havia falado para eu estudar. Por isso eu digo: o BoaProva* foi decisivo para a minha aprovação." Lívia Rittner Pires Corrêa, aluna de Engenharia Química na Unicamp. Só fez BoaProva*.

"O BoaProva* pôs minha cabeça para funcionar. As aulas são praticamente particulares, e fica fácil eliminar todo tipo de dúvida que geralmente fica na cabeça quando se está numa classe numerosa. A diferença do BoaProva* é a dedicação do professor em passar a matéria de maneira a atingir o melhor entendimento possível. Explica de um jeito inteligente, de modo que se use o raciocínio e o entendimento para se aprender, deixando de lado as técnicas bobas de memorização de fórmulas." Raphael Tadeu Sabaini, aluno de Ciências Sociais na UFSCar.

*Substituímos as ocorrências do nome Secular para o novo nome da escola: BoaProva.


 

 
BoaProva é a marca da atuação do Prof.Perdigão na área da educação.